quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Princess Cruises, vende dois navios

 A Princess Cruises, subsidiária da Carnival Corporation, anunciou a venda de dois de seus navios, o” Sun Princess” e o “Sea Princess”, a compradores não divulgados.

A venda destes navios está em linha com o plano da Carnival Corporation de acelerar a retirada dos navios menos eficientes de sua frota.


sea-Princess
Photo//Clean Cruising


"Carnival Imagination", mais um dos muitos navios que acabarão na sucata brevemente


O ““Sun Princess” e o  “Sea Princess” contribuíram para um crescimento significativo nos cruzeiros australianos”, disse o presidente da Princess Cruises, Jan Swartz. “Ambos os navios definiram a experiência de cruzeiros premium, com australianos e neozelandeses passando cerca de 14 milhões de noites a bordo desses navios. Embora nunca seja fácil dizer adeus a qualquer navio de nossa frota, isso nos permitirá implantar navios mais novos, aprimorando nossas ofertas para a Austrália e focar em trazer novas construções emocionantes.

O primeiro navio da classe Sun, o “Sun Princess” foi lançado em 1995 com sua estreia no Caribe e estava entre os maiores navios do mundo na época.

 


O “Sun Princess”, de 2.000 passageiros, também navegou no Alasca e no Canal do Panamá, entre outros destinos, antes de ser posicionado na Austrália em outubro de 2007.

"O “Sun Princess” também nos ajudou a abrir o mercado japonês em 2013 como o primeiro navio de cruzeiro de bandeira estrangeira a oferecer cruzeiros projetados especificamente para os japoneses", disse a empresa, em comunicado.

 

Sun-princess
Photo//Wikipedia


Fred Olsen Cruise Lines retira o "Black Watch" do serviço


O “Sea Princess” também de 2.000 passageiros, entretanto, tornou-se sinônimo de World Cruises, tendo completado seis cruzeiros a volta do mundo completos desde 2013. Antes de ingressar com “Sun Princess” na Austrália, o “Sea Princess” navegou na Europa e no Alasca, bem como no Caribe, incluindo servindo como um porto doméstico navio em Barbados em meados dos anos 2000.

Devido à partida iminente desses dois navios da frota, a Princess Cruises cancelará os itinerários publicados.

Os hóspedes com reservas serão notificados e, juntamente com seus assessores de viagem, receberão informações sobre como reservar noutro navio da Princess Cruises quando as operações forem retomadas. Os hóspedes que preferirem o reembolso serão a reembolsados.


Cunard cancela cruzeiros até meio de 2021


Fonte//Cruise Industry News



Sem comentários:

Publicar um comentário