sexta-feira, 19 de junho de 2020

Carnival pondera vender 6 navios


Parada desde Março, a Carnival Corp. registou um  prejuízo de US$ 4,5 biliões no segundo trimestre deste ano .


Costa-victoria
  Costa Victoria Photo//Turisver

As companhias de cruzeiro planeiam recomeçar mas muitos países estendem a proibição aos navios



A Carnival Corp. informou também que não existem previsões para retomar a atividade, esperando que apenas alguns, (poucos), possam voltar a operar brevemente e com muitas limitações, e apenas em portos e fácil acesso terrestre. Devido a estas contingências, a Carnival pretende vender 6 navios e suspender a encomenda de navios novos. É de realçar que o Grupo Carnival tem 18 navios encomendados até 2025.


A lista de navios a vender deve incluir alguns da classe Fantasy, na frota da Carnival Cruise Line, da classe S, na Holland America, e da classe Sun, na Princess Cruises, isto nos EUA, já na Europa os possíveis candidatos á venda poderão ser o Aurora, da P&O Cruises, o AIDAcara, da AIDA Cruises, e o Costa Victoria, da Costa Crociere, havendo já alguma informação de que este ultimo já está vendido.


Canadá proíbe cruzeiros até 31 de outubro





Sem comentários:

Publicar um comentário