terça-feira, 2 de junho de 2020

Canadá proíbe cruzeiros até 31 de outubro

Devido à pandemia do COVID-19 , o Governo do Canadá anunciou medidas sobre navios de cruzeiro e embarcações de passageiros que navegam nas águas canadenses.
Assim, o Canadá decidiu proibir a entrada de navios de cruzeiro até 31 de outubro de 2020, a fim de manter os canadenses e os trabalhadores de transporte em segurança durante a pandemia do COVID-19.


Bremen
A imagem acima é usada apenas para fins ilustrativos:
Photo
//Elvio Leão

SeaDream Yacht Club começará a navegar para a Noruega em junho



A região informou que navios de cruzeiro com mais de 100 pessoas a bordo não podem atracar nos portos canadenses.
Caso alguém não cumpra as proibições, poderá ser aplicada uma coima de US $ 5.000 por dia para um indivíduo e US $ 25.000 por dia para um grupo.
Também, a partir de 1º de julho de 2020, todas os outros navios de passageiros devem estar de acordo com os requisitos das autoridades sanitárias, territoriais, locais e regionais para cronogramas e processos, a fim de retomar suas operações.



Além disso, os navios de passageiros poderão operar em rios e lagos interiores nos Territórios do Noroeste, Nunavut e Yukon a partir de 1 de julho de 2020.
À luz da situação do surto, o Ministro dos Transportes, Marc Garneau, observou:
"O nosso governo está comprometido em proteger os canadenses, particularmente durante esses tempos difíceis. É por esse motivo que estou anunciando medidas atualizadas para navios de cruzeiro e outros navios de passageiros no Canadá, o que inclui a proibição de navios de cruzeiro maiores de operar em águas canadenses até 31 de outubro, 2020. O nosso governo continua a trabalhar com as partes interessadas do setor de transportes e povos indígenas para reexaminar medidas e garantir que o sistema de transporte do Canadá permaneça seguro e protegido durante esse período. Estamos juntos nisso ".


Virgin Voyages adia o lançamento do “Valiant Lady”


Fonte//Safety4Sea



Sem comentários:

Publicar um comentário