quinta-feira, 21 de maio de 2020

Virgin Voyages adia o lançamento do “Valiant Lady”


A Virgin Voyages, a nova linha de cruzeiros que o Virgin Group de Sir Richard Branson planeava lançar na primavera de 2020 anunciou que adiou sua temporada de lançamento devido ao impacto contínuo do coronavírus na indústria de viagens e turismo.
Agora, a Virgin Voyages apontou a data 16 de outubro de 2020 para sua primeira viagem.

Scarlet-Lady
Photo//Ficantieri

Virgin Voyages recebeu o seu novo navio, "Scarlet Lady"


A Fincantieri entregou o primeiro navio da Virgin, o” Scarlet Lady”,  em 14 de fevereiro, e o navio havia concluído as pré-visualizações na Inglaterra antes do início do COVID-19. Uma série de eventos de alto nível planeados para Nova York em marçofoi cancelada abruptamente e o navio foi redirecionado durante sua travessia transatlântica diretamente para Miami. Desde então, o “Scarlet Lady” está em um deslocamento entre o ancoradouro nas Bahamas e PortMiami. 
A notícia do adiamento da entrada da Virgin Voyages ocorre poucos dias depois de relatos de que o Virgin Group da Branson estava iniciando negociações se capitalizar e melhorar a liquidez. A empresa apresentou documentos anunciando sua intenção de vender até 25 milhões de ações avaliadas em cerca de US $ 400 milhões da Virgin Galactic Holdings, empresa de Branson que está no ramo das naves espaciais comerciais.


A primeira grande nova linha de cruzeiros a ser lançada desde há alguns anos, a Virgin Voyages está nos planos as empresariais de Branson há quase 10 anos. Anunciada em dezembro de 2014, a empresa chamou grande atenção devido à reputação da Branson e à abordagem única dos negócios. A construção começou em março de 2017 no primeiro dos quatro navios de cruzeiro de 110.000 toneladas brutas, cada um acomodando 2800 passageiros.
O compromisso total de construção nova da Virgin é de aproximadamente € 3 bilioes, apoiado por um investimento financeiro significativo da Bain Capital no lançamento da nova linha de cruzeiros. Anteriormente, a Virgin Voyages disse que a Bain Capital apoiou totalmente a decisão de adiar o lançamento do negócio de cruzeiros e garantiu ao setor de viagens que a empresa tinha recursos financeiros suficientes.
A Virgin Voyages originalmente planejava começar as operações em abril de 2020 com o “Scarlet Lady” baseado em Miami e navegando para as Bahamas e o Caribe. Seu segundo navio de cruzeiro, o “Valiant Lady”, deveria ser lançado em maio de 2021, navegando no Mediterrâneo. Os outros dois navios estavam programados para serem entregues pela Fincantieri em 2022 e 2023.


“Valiant Lady” irá operar no Mediterrâneo



Fonte//Maritime Executive


Sem comentários:

Publicar um comentário