sábado, 30 de maio de 2020

Plataforma oceânica, flutuante aproveita a energia eólica, solar e das ondas

A empresa alemã Sinn Power concebeu uma plataforma marítima flutuante que consegue produzir energia simultaneamente a partir da energia das ondas, eólica e solar.


plataforma-flutuante-de-energi- renovável
Photo//Sinn Power

Plataforma eólica flutuante mais eficiente do mundo irá ser montada nas Canarias


A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das ondas para produzir eletricidade. A inovação foi concebida como um sistema modular que pode ser especificado ou usar todos estes recursos, dependendo do local onde é implementada e das suas necessidades energéticas.
Projetada para operar com ondas até seis metros de altura, a plataforma consegue produzir energia de ondas de até dois metros sem muitas oscilações, graças a uma série de flutuadores que movem hastes de três metros consoante a ondulação.


Sistema-modular-sinn-power

 Photo//Sinn Power

HydroWing apresenta um conceito inovador que produz hidrogénio verde no mar


Cada unidade flutuante é composta por quatro conversores de energia das ondas integrados e consegue gerar até 24 kW em condições ideais. Em cada ponto da junção é possível colocar turbinas eólicas de 6 kWp e cobrir toda a superfície com painéis solares.
A plataforma usa sensores elétricos com classificação IP68 que transmitem dados para os centros de diagnóstico, o que ajuda a detetar anomalias.



A durabilidade é, no entanto, o grande problema desta plataforma, já que o mar pode ser um parceiro comercial muito traiçoeiro, tanto pela sua imprevisibilidade, como pelo facto de ser extremamente corrosivo.

Equinor perfura poço para armazenar Co2 no fundo do mar



Fonte//New Atlas


Sem comentários:

Publicar um comentário