segunda-feira, 4 de maio de 2020

Guindaste de grande capacidade colapsa em navio de instalação offshore

Um guindaste de 5.000 toneladas instalado a bordo do navio "Orion 1" colapsou quando efetuava testes de carga no estaleiro de Rostock (Alemanha).
O guindaste de grande capacidade, Liebherr HLC 295000, foi fabricado em novembro de 2019 e a sua instalação começou em fevereiro de 2020.


Orion 1
Photo DEME

A OHT comemorou a colocação da quilha do “Alfa Lift”


O acidente deu-se quando o braço do guindaste cedeu, ferindo vários trabalhadores do estaleiro que se encontravam nas proximidades.
O navio "Orion 1", da empresa chinesa Cosco (Qidong) Offshore Co. Ltd, é movido a GNL, e espera-se que fique operacional ainda este mês ao serviço da empresa holandesa DEME NV. O guindaste em questão 30 metros de alcance e uma capacidade de elevação de 5.000 toneladas com uma altura de 180 metros





Ulstein projeta navio a hidrogénio para operações offshore


O “Orion 1” ia instalar 103 torres no parque eólico offshore de Moray East, na Escócia, imediatamente após a entrega.
O projeto Moray East com capacidade de 950MW , foi encomendado pelo governo escocês em 2014, e está sendo desenvolvido pela EDP Renewables e pela ENGIE.
Desde maio de 2019, que a embarcação elevatória da DEME, Apollo, trabalha para instalar estacas numa fase de dois anos para construir os sistemas de fundação para as turbinas MHI Vestas V164-9.5MW e as três subestações offshore. O “Orion 1” ia então proceder á instalação de 103 fundações.



Sem comentários:

Publicar um comentário