quinta-feira, 12 de março de 2020

Governo da Madeira proíbe atracação de cruzeiros

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, anunciou, nesta quinta-feira de manhã, novas medidas de contingência devido ao novo coronavírus (Covid-19). 
Entre elas está a proibição da atracação de navios de cruzeiro nos portos da região, assim como a entrada de iates nas marinas do arquipélago.



Porto-do-Funchal
Photo João Conceiçao

Navios de cruzeiro recebidos com protestos devido ao coronavirus


Com esta proibição, serão cerca de 50 mil,os turistas que não irão desembarcar até ao fim de Março, numa medida de contingência que visa  apoiar cidadãos e empresas face à pandemia.
O abastecimento de bens, sobretudo alimentares, está assegurado pelos navios porta contentores que semanalmente ligam a região ao continente.



AIDAnova fez (turnaround) inesperado na Madeira


Sem comentários:

Publicar um comentário