domingo, 29 de março de 2020

GNV transforma ferry em hospital flutuante

A Grandi Navi Veloci (GNV), do grupo MSC, converteu o ferry “Splendid” num hospital flutuante equipado para atender doentes do Covid-19 em Génova, Itália, assim como aos convalescentes da doença.


Photo//MediTelegraf


Volcan de Tagoro vai ter um gemeo



A GNV começou a trabalhar no projeto de conversão no início de março, colaborando com a sociedade de classificação RINA e o Sistema de Saúde e Proteção Civil da Ligúria. Foi determinado que o “Splendid” poderia aumentar rapidamente a capacidade hospitalar da região da Ligúria e, se necessário, outras zonas da Itália.


O ferry está atracado em Ponte Columbo, no terminal de ferry de Génova, e atualmente dispõe de 25 camas em cabines individuais, embora seja possível que equipar mais cabines para um total de 400 camas. O hospital flutuante também possui um heliporto e áreas dedicadas ao pessoal e às equipas de profissionais de saúde.
O RINA verificou a conformidade do hospital flutuante com as normas vigentes, garantindo a existência das necessidades médicas e de segurança. A sociedade classificadora prestou seus serviços gratuitamente, assim como, vários parceiros que disponibilizaram seus produtos, para equipar o navio com os equipamentos necessários.


Volcan de Tagoro vai ter um gemeo





Sem comentários:

Publicar um comentário