segunda-feira, 16 de março de 2020

A China é agora a maior proprietária de navios porta-contentores


O presidente da Associação Alemã de Armadores (VDR), Alfred Hartmann, afirmou que a China ultrapassou a Alemanha como o maior país proprietário de navios porta-contentores.
 
COSCO-Sagitarius
Photo COSCO

Marítimos enfrentam desafios sem precedentes devido ao coronavírus


As empresas chinesas listadas como proprietários de navios com capacidade para 3,63 milhões de TEU combinados, em comparação com 2,81 milhões de TEU atribuídos a proprietários alemães.
A operadora estatal chinesa COSCO Shipping Lines, que também possui uma participação majoritária na Orient Overseas Container Line (OOCL), vem expandindo sua frota construindo mega navios de contentores em estaleiros parceiros, incluindo cinco navios de 23.000TEU encomendados pela OOCL.

Outra razão para o domínio chinês é que, embora os alemães fossem os principais fornecedores de tonelagem para os operadores de navios de contentores, a crise financeira global e a consequente redução de remessas europeias, deram oportunidades aos investidores chineses, e as empresas financiadoras como o ICBC Financial Leasing, o Minsheng Financial Leasing e o Bank of Communications Financial Leasing, entre outros, são subsidiários de bancos e construtores de navios chineses, disponibilizando fundos para construções nova ou a compra e leasing de embarcações.
 Em maio de 2019, a Maersk encomendou cinco navios de 2.500TEU do estaleiro Jiangnan, através de um contrato de arrendamento com o ICBC Financial Leasing.

O CEO da VDR, Ralf Nagel, afirmou em comunicado à imprensa que, para manter a competitividade dos proprietários alemães, as autoridades devem manter os benefícios fiscais existentes para os proprietários alemães.


Greve total no Porto de Lisboa de 9 a 30 de Março


Fonte//Container News


Sem comentários:

Publicar um comentário