sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Greve total no Porto de Lisboa de 9 a 30 de Março


Depois do pedido de insolvência da A-ETPL por parte das empresas de estiva que integram a associação, o sindicato SEAL reagiu e decidiu convocar uma «greve total, de 9 a 30 de Março» no Porto de Lisboa.


Heavy Lift "Erik" descarrega torres eólicas no Caniçal


António Mariano, presidente do sindicato adiantou á Lusa que, no plenário realizado, os estivadores decidiram prolongar a greve que está a decorrer até 9 de Março, e estende-la a todas as empresas de estiva do porto de Lisboa.
 Segundo este, as empresas de estiva colocaram a A-ETPL à beira da insolvência através de um processo de gestão danosa, alem disso, o tarifário aplicado pela A-ETPL às empresas de estiva, pela cedência de estivadores, não é atualizado há 26 anos.
Na passada Quinta-feira, a A-ETPL decidiu avançar com o pedido de insolvência da associação, por não conseguir encontrar soluções que consigam manter a saúde financeira da empresa.
Diogo Marecos, presidente da A-ETPL, havia explicado a situação financeira precária vivida pela associação, alegando que a empresa não tem faturação suficiente para pagar os salários.




Fonte//Lusa


Sem comentários:

Publicar um comentário