quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

A operação ferry entre Madeira e Porto Santo.

A verdadeira operação ferry entre as ilhas da Madeira e Porto Santo começou em Agosto de 1995, quando a Porto Santo Line, que já operava com o navio Madeirense, fretou em casco nu á Isle of Mann Steam Packet Company  o ferry Lady of Mann, que operou com um sucesso estrondoso até fim de Novembro do mesmo ano.



Ferry-Lady-of-mann
Ferry Lady Of Mann


Knud E. Hansen projeta ferry Ropax de 212 metros



Embora sendo um excelente navio em termos de navegação e capacidade de manobra, tinha a limitação de só transportar viaturas ligeiras, pois tanto a estrutura dos decks como as rampas de acesso não permitiam o embarque de veículos pesados. Este navio tinha a particularidade de ter uma rampa no cais que era deslocada para as diferentes portas, a alturas diferentes e que eram utilizadas consoante a altura da maré.
Contruido em 1976 na Escocia esteve ao serviço da Isle of Mann Steam Packet Company ate 2005 quando foi vendido para a Grécia passando a chamar-se “Panagia  Soumela”.
Anteriormente, o  “Lusitania Expresso” tinha tentado uma operação idêntica mas como só transportou passageiros não o considero como operação ferry.

Ferry-lobo-marinho
Ferry Lobo Marinho


Austal Austrália lançou o "Bajamar Express"




Entretanto a Porto Santo Line ganhou a concessão da linha regular entre a Madeira e Porto Santo. Depois de alguns meses a efetuar o ligação com o catamarã Pátria, fretado ao Governo Regional da Madeira, em Junho de 1996 começa a operar o ferry “Lobo Marinho”, adquirido na Grécia á Safari Lines
Foram efetuadas algumas modificações, entre as quais uma rampa lateral na alheta de estibordo, que permitia o embarque e desembarque de camiões e contentores de 20 pés. Também foram escavadas nos portos umas rampas que permitiam que o navio operasse, embora com algumas limitações causadas pelas marés. Este navio foi construído em 1967 em Alborg, Dinamarca sendo entregue á Fred  Olsen Lines em 1968 com o nome de “Christian IV”
Em 1984 foi vendido para a Malasia á Perbadan National Shiping Line e com o nome de “Pernas Safari”. Dez anos depois, 1994 voltou a ser vendido, desta vez á Safari Lines, mudando o nome para “Safari”.  Vem para a Porto Santo Line 2 anos depois, onde operou até 2003, transportando milhares de passageiros e automóveis, camiões e contentores



Ferry-lobo-marinho
Ferry Lobo Marinho

Finnlines encomenda dois ferries ecológicos Superstar ro-pax


Em 2002 foram construídas as rampas rol-on rol-of nos dois portos e como o embarque passou a ser efetuado pela popa permitiu o embarque de trailers e contentores de 40 pés, assim como camiões de maior porte.
Com a entrada ao serviço do “Lobo Marinho” novo em 2003, o velho passou para a Cabo Verde Line,  e muda o nome para Lobo Dos Mares operando em Cabo Verde uma época sendo depois vendido.
Atualmente o “Lobo Marinho” continua a transportar milhares de passageiros e automóveis e é indispensável para a economia da ilha.





Sem comentários:

Publicar um comentário