terça-feira, 21 de janeiro de 2020

MSC Cruizes encomenda 2 novos navios a GNL


A MSC Cruizes e o estaleiro Chantiers de l'Atlantique acordaram em construir o terceiro e o quarto navios movidos a GNL. Os dois navios serão entregues em 2025 e 2027, representando um investimento de € 2 biliões. O primeiro navio de classe mundial, o MSC Europa, já está em construção no estaleiro Chantiers de l'Atalantique, em Saint-Nazaire, e será o maior navio operado por uma companhia de cruzeiros europeia quando entrar em serviço em 2022, bem como o primeiro navio movido a GNL a ser construído na França.


MSC-Cruizes
Photo MSC Cruises

“MSC Europa” será o primeiro navio do mundo com células de combustível a GNL


A MSC Cruies e os Chantiers de L'Atlantique também estenderam sua parceria com a assinatura de dois memorandos de entendimento (MoU). O primeiro verá as empresas trabalhando juntas no desenvolvimento de uma nova classe de protótipo de navios de cruzeiro movidos a GNL, com foco em tecnologias ambientais emergentes para ajudar a cumprir as metas das Organizações Marítimas Internacionais para 2030 e 2050. Os quatro navios desta nova classe representam um investimento de € 4 biliões.

O segundo MoU verá o desenvolvimento de outra classe de protótipo de navio, explorando oportunidades para o uso de energia eólica e outras tecnologias no transporte de passageiros.
Os três acordos foram anunciados numa cerimônia realizada no Palácio Matignon, com a presença do primeiro-ministro francês Édouard Philippe; Gianluigi Aponte, fundador e presidente executivo do MSC Group; Pierfrancesco Vago, presidente executivo da MSC Cruises; e Laurent Castaing, gerente geral da Chantiers de l'Atlantique.

A MSC Cruises recentemente tornou-se a primeira grande companhia de cruzeiros neutra em carbono, compensando todas as emissões diretas de dióxido de carbono a partir de 1º de janeiro.




Sem comentários:

Publicar um comentário