terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Matson recebeu o primeiro ConRo da classe Kanaloa


A Matson recebeu em 26 de dezembro o “MV Lurline”, o primeiro de dois navios combinados de porta-contentor / roll-on “Kanaloa Class da General Dynamics NASSCO, construído pela NASSCO em San Diego com um custo total de US $ 500 milhões para os dois navios. 

MV-Lurline
Photo NASSCO

CMA CGM começa a utilizar biocombustível


Com 265.18 metros de comprimento, 34.75 metros de boca e um calado de 11.58 metros e  50.000 toneladas TAB, o “MV Lurline” tem capacidade para 3.500 TEU é agora o maior navio da Matson.
 Os dois novos navios  da classe Kanaloa têm uma garagem fechada com espaço para aproximadamente 500 veículos, além de espaço para material circulante e carga fracionada. Também utilizam tecnologia verde de ponta, incluindo um design de casco com baixo consumo de combustível, tanques de combustível de casco duplo ambientalmente seguros, sistemas de lastro de água doce e os primeiros motores de combustível duplo Tier 3 a serem implantados em porta contentores frequentam os portos da Costa Oeste , afirma a Matson.
Construídos seguindo os mais recentes requisitos da IMO para fabricantes de motores, os motores de nível 3 reduzem os níveis de emissões de partículas em 40% e as de óxido de nitrogênio em 20%, em comparação com os padrões de nível 2, de acordo com a empresa.

Os dois navios da classe Kanaloa substituirão três embarcações a diesel atualmente em serviço. A segunda embarcação, denominada Matsonia, tem a entrega prevista para o segundo trimestre de 2020.
Estes navios fazem parte da estratégia da Matson de seguir os novos regulamentos da IMO 2020 sobre combustíveis com baixo teor de enxofre. Além disso, em junho, a Matson iniciou a instalação de sistemas de limpeza de gases de escape, ou lavadores, em seis navios ao serviço no Havaí e na China-Long Beach Express.

Navios ConRos a GNL, recebem prémio de barco do ano


Fonte//NASSCO




Sem comentários:

Publicar um comentário