sábado, 4 de janeiro de 2020

Cinco mortos em naufrágio no mar de Bering


Cinco pescadores morreram no mar de Bering, em consequência do naufrágio do navio de 40 metros “Scandies Rose” que se afundou, no dia 31 de Dezembro, devido a mau tempo.



Navio-pesca-caranguejo-Scandies-Rose
Photo//Marinetraffic

Guindaste tomba e faz afundar barcaça nas Galápagos


Dois membros da tripulação foram encontrados no salva-vidas, sendo resgatados por um helicóptero da Guarda Costeira, que os transportou para um hospital em Kodiak, sendo os únicos sobreviventes do naufrágio.
A Guarda Costeira procedeu a buscas numa área de aproximadamente 300 quilómetros quadrados ao longo de 20 horas, com aviões e helicópteros de busca e salvamento, para tentar encontrar os outros cinco tripulantes.
Este é o pior acidente dos últimos três anos no Alasca, tendo o anterior ocorrido em fevereiro de 2017, quando o navio de pesca ao caranguejo, “Destino F / V “, afundou-se no mar de Bering, com os seis tripulantes. Não houve sobreviventes.

CDRY BLUE encalhou na costa da Sardenha


 O naufrágio parecia ser o pior acidente de pesca comercial do Alasca em quase três anos.
O “Scandies Rose”, comunicou a sua localização á Guarda Costeira, ás 22h do dia 31, sendo esta o ultimo contacto com o navio.
Segundo a Guarda Costeira, as condições meteorológicas durante a busca eram muito más, com ventos superiores a 65 Km/h e vagas entre 4.5 e 6 metros, estando a visibilidade reduzida a 1,6km.



Dois navios da Carnival chocam no México




Sem comentários:

Publicar um comentário