quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Lançado o primeiro transportador de hidrogénio liquefeito do mundo

A Kawasaki Heavy Industries do Japão lançou o primeiro transportador de hidrogénio liquefeito do mundo no estaleiro de Kobe Works.
 O “Suiso Frontier” foi projetado para transportar hidrogénio liquefeito a 1/800 do seu volume original de estado gasoso, arrefecido a –253 ° C. A Kawasaki ainda vai instalar um tanque de armazenamento de hidrogénio liquefeito com estrutura de concha dupla e isolamento de vácuo de 1.250m3, que está em construção na Harima Works. A construção do navio deverá estar concluída no final de 2020.
0 “Suiso Frontier” será usado como demonstração tecnológica com o objetivo de estabelecer uma cadeia internacional de fornecimento de energia a hidrogénio, envolvendo hidrogénio liquefeito produzido na Austrália e enviado para o Japão.
O hidrogénio está ganhando popularidade como principal fonte de energia da próxima geração para combater o aquecimento global. Não emite CO2 ou outros gases de efeito estufa durante o uso, e deverá ser utilizado a muito curto prazo, em produção de energia, transportes marítimos e veículos com células de combustível.



Um relatório recente da agência nacional de ciência da Austrália, CSIRO, mapeou as etapas críticas de pesquisa que a Austrália deve tomar para realizar uma indústria de hidrogénio que, segundo ela, vale potencialmente US $ 11 biliões (US $ 7,5 biliões) por ano até 2050.
Está sendo construído, um terminal de descarga de hidrogénio liquefeito na cidade de Kobe, na província de Hyogo, e uma instalação de gaseificação de carvão está sendo construída na Austrália. Além disso, um consórcio formado por Kawasaki, Iwatani e J-POWER, juntamente com a Marubeni Corporation e a AGL Loy Yang, foi formado em 2018 e recebeu apoio financeiro dos governos australiano e vitoriano para construir uma instalação de refinação de gás, liquefação de hidrogénio e um terminal de carga.
A Kawasaki espera tornar o hidrogénio uma fonte de combustível tão vulgar como o petróleo e o gás natural, e juntou-se à Iwatani Corporation, à Shell Japan e à Electric Power Development para formar a Associação de Pesquisa em Tecnologia (HySTRA) da cadeia de fornecimento de energia de hidrogénio (CO2) em 2016.


Caracteristicas

Comprimento total        116,0 m
Comprimento entre perpendiculares    109,0 m
Boca      19,0 m
Calado  4.5 m
Arqueação bruta    8.000 t
Capacidade de carga do tanque               1.250 m 3
Sistema de propulsão   Propulsão  diesel/eletrica
Velocidade do mar         13,0 nós
Tripulação           25 pessoas
Classificação      Nippon Kaiji Kyokai (ClassNK)

País de registo Japão

Sem comentários:

Publicar um comentário