quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Ulstein projeta navio a hidrogénio para operações offshore

O hidrogénio é considerado como a melhor solução de emissão zero. A visão de Ulstein é criar as soluções de amanhã para operações marítimas sustentáveis, e o primeiro projeto de navio movido a hidrogénio está pronto para o mercado, oferecendo operações marítimas de emissão zero.
Recentemente, a DNV GL identificou os cinco combustíveis alternativos mais promissores para o transporte marítimo, sendo o hidrogénio  a melhor solução de emissão zero. O primeiro projeto completo movido a hidrogénio foi elaborado pela Ulstein Design & Solutions BV e pela Nedstack cell cell technology BV.



ULSTEIN SX190 Zero Emission DP2
Imagem Ulstein.com


Nova tecnologia para a produção de hidrogénio 'verde'




A embarcação de suporte ULSTEIN SX190 Zero Emission DP2 é a primeira embarcação offshore movida a hidrogénio da Ulstein, apresentando um sistema de energia de célula de combustível Nedstack. A embarcação DP2 pode efetuar a uma grande variedade de operações de suporte offshore.
Esse projeto utiliza tecnologia comprovada e disponível, permitindo operações limpas para reduzir a pegada ambiental de projetos offshore. As emissões de CO2, NOx e partículas são eliminadas ao usar células a combustível de hidrogénio.
O setor marítimo precisa se alinhar e ser ambicioso em trazer soluções verdes para um futuro sustentável. Com este navio movido a hidrogénio, pretendemos futuras operações de emissão zero de longa duração ”, afirma Tore Ulstein, vice-presidente executivo do Ulstein Group. Os testes no mar do ULSTEIN SX190 da nova construção podem acontecer a partir de 2022.
Com a tecnologia atual, o projeto ULSTEIN SX190 já é capaz de operar 4 dias em modo de emissão zero. No entanto, com os rápidos desenvolvimentos no armazenamento de hidrogénio e nas tecnologias de células de combustível, está prevista um alargamento a curto prazo de até duas semanas. Para missões e capacidades prolongadas, a embarcação pode recorrer ao seu sistema diesel-elétrico mais convencional usando óleo diesel marinho com baixo teor de enxofre.




ULSTEIN SX190 Zero Emission DP2
Imagem Ulstein.com


Wärtsilä procede a atualizações híbridas a dois navios de abastecimento offshore



O projeto ULSTEIN SX190 Zero Emission é baseado na plataforma de embarcação SX190 existente da Ulstein e tem uma potência total instalada de 7,5 MW, dos quais 2 MW são gerados por um sistema de energia de célula de combustível, normalmente células de combustível da membrana de troca de prótons Nedstack (PEM), que estão localizados numa segunda sala de máquinas separada.
As células de combustível PEM convertem hidrogénio e oxigénio em energia elétrica, calor e água e não produzem emissões prejudiciais no processo. Os sistemas de células de combustível Nedstack já foram construídos e comprovados nas gamas de potência de vários megawatts e agora foram adaptados para atender aos requisitos da indústria marítima.
As células de combustível PEM usadas no projeto de emissão zero SX190 são alimentadas por hidrogénio armazenado em tanques pressurizados em módulos de contentor, uma tecnologia bem comprovada e disponível. Esses tanques de armazenamento de hidrogénio podem ser carregados e descarregados por operações e equipamentos normais de manuseamento de contentores, eliminando assim a necessidade de infraestruturas caras de abastecimento e fornecendo flexibilidade operacional em todo o mundo.


ULSTEIN SX190 Zero Emission DP2
Imagem Ulstein.com


O primeiro navio de cruzeiro X-Bow do mundo começa a sua primeira expedição antártica



Os contentores de hidrogénio podem ser recarregados nos locais de produção de hidrogénio, seja a partir do subproduto da indústria, seja o hidrogénio ou o hidrogénio verde da eletrólise.
A Ulstein trabalha em estreita colaboração com os fornecedores para aplicar uma tecnologia mais ecológica e visa os armadores e empresas de energia que compartilham as mesmas ambições e estão dispostos a trabalhar juntos para justificar o investimento adicional necessário para liderar o caminho para as emissões zero.
Essa iniciativa apoia particularmente os seguintes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, definidos pelo Pacto Global da ONU e adotados pelo Ulstein Group:

9 - Indústria, inovação e infraestrutura:
A solução reduz a pegada ambiental de projetos offshore. As emissões de CO2, NOx e partículas são eliminadas.

14- Vida subaquática:
 A solução ajuda a reduzir o impacto negativo das embarcações de construção offshore nos ecossistemas marinhos locais.

17 - Parcerias para os objetivos:
Cooperação entre empresas e indústrias para alcançar efeitos de sinergia para as soluções mais sustentáveis.


A OHT comemorou a colocação da quilha do “Alfa Lift”



ABB apresenta estação flutuante de abastecimento de combustível limpo


Fonte//UlsteinGroup



Sem comentários:

Publicar um comentário