sábado, 9 de novembro de 2019

Navio “Wes Amelie” vai testar gás natural sintético, isento de emissões


O navio “Wes Amelie” de 1.036 TEU, será o primeiro porta contentores do mundo a testar gás natural sintético sem carbono numa viagem prevista para 2020.
Durante o teste, o “Wes Amelie” substituirá uma parte do GNL usado durante uma viagem de ida e volta pelo SNG (Gás natural sintético) produzido a partir de "hidrogénio verde", ou seja, hidrogénio produzido a partir de fontes renováveis.



Photo Shipspotting


A revolução no combustível marítimo está a semanas de distância



Um total de vinte toneladas de SNG será fornecido pelo fabricante de automóveis Audi da nova instalação de energia para gás da empresa na Alemanha, onde uma instalação de liquefação está em construção. A instalação usará energia eólica para produzir o SNG, criando um produto 100% neutro em termos climáticos.
O teste deve ocorrer assim que a instalação de liquefação começar a funcionar, o que deverá acontecer no segundo trimestre de 2020.
O fornecedor de GNL de Hamburgo, Nauticor, assinou contrato como parceiro de logística no projeto, organizado pela MAN Energy Solutions e Wessels Marine GmbH.
Segundo a Nauticor, com a queima do SNG, as emissões de CO2 do “Wes Amelie” deverão diminuir em 56 toneladas na viagem.

Em 2017, o “Wes Amelie” foi o primeiro porta contentores a passar por uma conversão de mecanismo de GNL . O navio, de propriedade da Wessels Reederei, é um dos quinze mil navios TEU que operam exclusivamente em rotas “feeder” nos mares do Norte e do Báltico.


“Ever Globe” já entrou ao serviço da Evergreen




Fonte//GCaptain


Sem comentários:

Publicar um comentário