domingo, 3 de novembro de 2019

A OHT comemorou a colocação da quilha do “Alfa Lift”


O armador norueguês OHT comemorou recentemente a colocação da quilha de seu navio de instalação pesada “Alfa Lift”. Trata-se de um navio de instalação de fundações para torres eólicas offshore, projetado para o estágio inicial de desenvolvimento de novos parques eólicos offshore.


Alfa Lift
Photo /Ulstein



Operaçao de carga de guindastes de porto Liebherr




Tendo adquirido experiência na indústria offshore de petróleo e gás, projetando e construindo embarcações para algumas das áreas mais difíceis do mundo e operações exigentes, a Ulstein tornou-se uma empresa líder no crescente setor eólico offshore, e agora possui soluções para todo o tipo de navios para montar e manter um parque eólico offshore.
Os novos parques eólicos offshore estão sendo construídos mais longe da costa, em mares mais agitados e em águas mais profundas. Isso aumenta a necessidade de maior capacidade de transporte, acomodações confortáveis, flexibilidade da embarcação, disponibilidade e segurança operacional.


Alfa Lift
Photo /Ulstein



Navio semi-submersível “Forte” descarrega Tango FLNG na Argentina




O desenvolvimento atual da indústria eólica offshore com turbinas maiores e águas mais profundas está ultrapassando as capacidades da frota existente. Desde as embarcações usadas em levantamentos e fundações no fundo do mar, até embarcações dedicadas à instalação, serviço e operação e instalação de cabos, há uma tendência geral para navios maiores e, portanto, muitas vezes mais caros. O design do “Alfa Lift”, exclusivo da Ulstein para Transporte Pesado Offshore (OHT) segue essa tendência, aplicando princípios de design mais inteligentes. Baseando-se no princípio de Arquimedes, o design do “Alfa Lift” pode conseguir um desempenho operacional mais alto em comparação com os navios existentes sem comprometer o desempenho económico das operações.

Mas o que torna o “Alfa Lift” excecional?

O que torna esse navio de 48.000 DWT com posicionamento dinâmico verdadeiramente excecional é a capacidade de realizar operações de guindastes de elevação pesada com o convés principal submerso. Visando o mercado de energias renováveis ​​no exterior, a embarcação foi naturalmente desenvolvida para reduzir ao máximo possível as emissões ambientais.
Além da instalação de lavadores de gases de escape, os motores são compatíveis com o Nível III e a instalação de baterias contribuirá para a redução do consumo geral de combustível e das emissões resultantes.
O navio terá capacidade para transportar e instalar até 10 fundações de 1.500t., além de peças de transição para os maiores geradores de turbina eólica previstos. A embarcação está atualmente em construção no estaleiro da CMHI, na China, e está prevista para entrega em 2021. 


Alfa Lift
Photo /Ulstein

“BOKA Vanguard” carrega “Carnival Vista” para reparações


Características:


Comprimento 216,3 m
Boca 56,0 m
Calado 12,6 m
Calado (máx. Submerso) 27,6 m
Velocidade de serviço 13 nós
Propulsores  3 x 5.500 kW
Propulsor retrátil 1 x 3.000 kW
Bow trusters 3 x 3.000 kW
Sistema de posicionamento DP 2
Classe DNV-GL
Tripulação 100 pessoas

Operaçao de carga de um portico de 614 toneladas



Fonte//Ulstein

Sem comentários:

Publicar um comentário