domingo, 8 de setembro de 2019

O navio quebra-gelo, “RV Polarstern”, ficará retido no gelo do Ártico, de propósito

O “RV Polarstern”, um dos navios mais indestrutíveis do mundo, partirá da Noruega dentro poucas semanas, com destino ao Oceano Ártico, onde passará o inverno deliberadamente preso no gelo do mar, á mercê dos ventos e correntes.


Photo MarineTraffic


Navio semi-submersível “Forte” descarrega Tango FLNG na Argentina



O poderoso quebra-gelo, tem um objetivo ambicioso: determinar como as mudanças climáticas estão modificando o Ártico. A expedição de US $ 130 milhões, terá a duração de 13 meses e foi apelidada de “Observatório Multidisciplinar de Deriva para o Estudo do Clima Ártico” ( MOSAIC ). Está planeada há anos e terá a colaboração de mais de 600 pessoas entre cientistas e equipe técnica.



O navio parte em 20 de setembro de Tromsø, no norte da Noruega, e seguirá para leste ao longo da costa da Rússia. O líder da expedição Markus Rex, do Alfred-Wegener Institute (operador do Polarstern), adiantou que o navio provavelmente entrará no gelo marinho flutuante em meados de Outubro e depois passará pelo Ártico, cercado de gelo, até o próximo verão, antes de voltar ao porto de origem em Bremerhaven, na Alemanha, no outono de 2020.

Ficar preso no gelo marinho flutuante seria o fim para a maioria dos navios, mas o Polarstern é o suficientemente resistente para suportar essas duras condições.
Ao contrário de expedições científicas anteriores, os cientistas estudarão o ambiente do Ártico durante todo o seu ciclo anual de congelamento e descongelamento, desde o crescimento do gelo marinho no outono até ao degelo no verão seguinte


Operaçao de carga de guindastes de porto Liebherr






Sem comentários:

Publicar um comentário