segunda-feira, 2 de setembro de 2019

O maior ferry elétrico do mundo fez a sua viagem inaugural


Depois de cerca de 2 anos em construção, o maior ferry elétrico do mundo “Ellen”  fez a sua viagem inaugural, a 15 de Agosto, ligando a ilha dinamarquesa de  Aerø á ilha de Als.

Photo Leclanché

Tornando verdes as estradas azuis


O E-ferry Ellen tem 60 metros de comprimento e 13 metros de largura, e pode atingir a velocidade de até 15,5 nós. Utiliza células de íon de lítio G-NMC de alta energia com características de segurança exclusivas, incluindo um projeto laminado bicelular e separadores de cerâmica. O sistema de bateria é dividido em 20 unidades, cada uma ligada a conversores separados que controlam a saída de energia.


Para reduzir o peso do navio, os decks de passageiros e carros estão no mesmo nível e a ponte é feita de alumínio em vez de aço. O mobiliário da embarcação é feito de papel reciclado. O E-ferry foi projetado com sistemas integrados exclusivos de bateria e transmissão que oferecem eficiência operacional inigualável.




A Corvus Energy ganha a maior encomenda do mundo de baterias para navios híbridos


Com a capacidade de 4.3MWh, o E-ferry representa um novo marco na propulsão marítima comercial e, num ano, evitará a libertação de 2 mil toneladas de CO2, 42 toneladas de NOX, 2,5 toneladas de material particulado e 1,4 toneladas de SO 2 na atmosfera.
Na Escandinávia, existe o potencial para converter cerca de 200 rotas atualmente efetuada por ferries convencionais em ferries elétricos na próxima década e, em toda a Europa, mais de 1.000 ferries poderiam ser convertidas. Prevê-se que o mercado de baterias para navios duplique até 2020, prevendo-se também que cerca de 80% dos novos navios costeiros terão propulsão elétrica com recurso a baterias .


O primeiro ferry elétrico da Islândia terá tecnologia da ABB





Sem comentários:

Publicar um comentário