quinta-feira, 16 de maio de 2019

Pioneiro do Rio e Grupo Sousa adquirem a Svitzer Portugal


A Svitzer vai sair de Portugal, colocando assim termo a 14 anos de atividade, anunciou hoje a empresa do grupo escandinavo A.P. Moller, anunciando a venda do seu negócio de reboque à Pioneiro do Rio e ao Grupo Sousa não divulgando os montantes envolvidos.

A companhia de reboques e serviços marítimos do grupo Maersk estabeleceu-se em Portugal em 2005 e opera nos portos de Lisboa, Setúbal e Sines. O negócio com a Pioneiro do Rio e com o Grupo Sousa, engloba a frota de 15 rebocadores e respetivas tripulações, além do pessoal de terra.


Photo Transportes e Negocios

Ferry da Baleária “Napoles” convertido a GNL


A empresa de amarração Pioneiro do Rio, detida pelo catual Administrador Delegado da Svitzer Portugal, Rui Cruz e por Ana Margarida Severino, contará como parceiro neste negócio, com o Grupo Sousa.
«Esta é uma oportunidade empolgante e estamos ansiosos para expandir da atracação para o ramo de reboque. Já nos reunimos várias vezes com Svitzer e lamentamos vê-los sair de Portugal. Mas temos a sorte de contar neste novo projeto com pessoas com muita experiência e know–how para garantir nosso sucesso futuro», comentou Ana Margarida Severino, atual diretora administrativa da Pioneiro do Rio.

Rui Cruz, atual diretor administrativo da Svitzer Portugal, lembrou que a Svitzer «elevou significativamente os padrões da atividade de rebocagem em Portugal» e que agora é altura de capitalizar «a oportunidade de perseguir com a Pioneiro do Rio este caminho de alta qualidade e segurança para o benefício de nossos clientes», realçando o «privilégio» de contar com o Grupo Sousa, «prova da solidez do projeto».

Luís Miguel Sousa, CEO do Grupo Sousa, declarou: «Estamos entusiasmados com a parceria. As atividades portuárias e marítimas estão no centro dos nossos negócios e este projeto é, portanto, um ajuste perfeito. Estamos procurando permanentemente novas oportunidades para consolidar nossa estratégia de crescimento e investir neste empreendimento com esses parceiros é uma oportunidade que não poderíamos perder».

A Pioneiro do Rio e o Grupo Sousa irão adquirir integralmente as duas empresas portuguesas da Svitzer, num negócio que inclui tripulação, bem como a frota de rebocadores da Svitzer Portugal. A transação está sujeita a apresentação obrigatória junto da Autoridade da Concorrência. Sujeito a obter aprovação da Autoridade da Concorrência, espera-se que o fecho do acordo ocorra no segundo semestre de 2019



Navio semi-submersível “Forte” descarrega Tango FLNG na Argentina



Fonte//RevistaCargo

Sem comentários:

Publicar um comentário