quinta-feira, 7 de março de 2019

A Corvus Energy ganha a maior encomenda do mundo de baterias para navios híbridos


O fabricante canadense de sistemas de armazenamento de energia a “Corvus Energy” assinou um contrato com a Norwegian Electric Systems (NES) para a construção maior conjunto de baterias para navios híbridos do mundo.
A tecnologia será instalada a bordo dos navios costeiros ecológicos da “Havila Kystruten” .


Photo Havila Kystruten


O primeiro ferry elétrico da Islândia terá tecnologia da ABB


“Este é um grande passo para a indústria de cruzeiros e estamos extremamente orgulhosos de receber este pedido… O Energy Storage System (ESS) é o maior sistema do mundo já entregue a um navio e permitirá que os navios entrem nos fiordes com emissão zero, cinco anos antes do prazo final ”, disse  Geir Bjørkeli, CEO da “Corvus Energy”.
A Corvus Energy fornecerá um ESS resfrigerado a ar com isolamento térmico patenteado de célula única do Corvus que excede os requisitos da classe.
O Sistema de Armazenamento de Energia tem uma capacidade por navio de 6.100 kWh, que é o dobro da capacidade de qualquer embarcação a baterias existente”, explicou Roger Rosvold, vice-presidente de vendas da Corvus Energy.
O potencial não utilizado para o uso de baterias a bordo de cruzeiros de passageiros e de cruzeiro é enorme. As baterias reduzem o consumo de combustível e os custos de manutenção, reduzem a poluição e, com o aumento das regulamentações ambientais e dos requisitos para reduzir as emissões, que acarretam custos, proporcionam um nicho de negócio muito atrativo.


Photo Havila Kystruten


Wallenius Marine projeta transportador de carros á vela


À medida que mais e mais armadores despertam para isso, esperamos ver a aceleração da aceitação geral. A indústria está apenas começando a entender o poder das baterias ”, disse Rosvold.
As novas construções fazem parte do contrato da Havila com o Ministério dos Transportes da Noruega para a construção de quatro embarcações amigas do ambiente ​​que operarão na rota costeira de Bergen-Kirkenes.
Dois dos navios serão construídos pelo construtor naval turco “Tersan” e os restantes por “Barreras” espanhóis. Com um comprimento de 125 metros e uma largura de 20 metros, os navios poderão acomodar 700 passageiros.

As embarcações terão um sistema de propulsão híbrido gás-elétrico com bateria, onde quatro motores movidos a gás em cada embarcação operam os geradores. O sistema também é adaptado para a próxima geração de tecnologia, usando células a combustível de hidrogênio.
O equipamento da Corvus Energy está programado para entrega em 2020 e os navios da rota costeira estarão em serviço a partir de 2021.




Sem comentários:

Publicar um comentário