quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Navios não deverão estar preparados para as regras do IMO 2020


Jerome Leprince-Ringuet, o diretor-gerente Total Marine Fuels disse estar preocupado com o facto da indústria naval possa não estar preparada para a diretiva respeitante as emissões de enxofre da IMO 2020 que entram em vigor em Janeiro de 2020.


Photo Transportes e Negocios

Vêm aí navios alimentados a hidrogénio



 A partir de 1 de Janeiro de 2020, os navios mercantes não poderão utilizar combustível que contenha mais de 0,5% de enxofre. Os combustíveis HFO (heavy fuel oil) (combustíveis pesados) normalmente têm um teor de enxofre na ordem dos 2,5%, estarão proibidos, a menos que os navios estejam equipados com um purificador de gases de escape. Espera-se que o processo de transição para outro combustível ou colocação de purificadores leve vários meses, e a maioria das operadoras está planeando efetuar essas modificações no terceiro ou quarto trimestre de 2019.
A IMO indicou que não haverá um período de experiencia, e a medida entrará mesmo em vigor no dia 1 de Janeiro de 2020. No entanto, apenas espera-se que apenas um quinto da frota mundial esteja em conformidade com estas normas, de acordo com a Goldman Sachs.


Photo Transportes e Negocios


Os custos para as transformações necessárias e colocar os navios em conformidade com as diretivas da IMO 2020 podem ser elevados e os grandes operadores como a MSC e a Maersk estão preparados para investir biliões de dólares em despesas adicionais com combustível e com os purificadores, e já planeiam a criação de novos mecanismos de sobretaxa para dividir essas despesas com seus clientes.
Resta saber que medidas serão tomadas pela IMO para os navios e armadores que não estejam em conformidade no dia 1 de Janeiro.
 Serão impedidos de navegar?
Serão aplicadas coimas?
 Serão retirados os certificados?
Questões que ficam no ar e que a seu tempo terão as respostas.



Na Noruega a Norled AS ganhou concurso para a construçao de um ferry movido a hidrogénio


Sem comentários:

Publicar um comentário